Matérias

Você conhece o seu corpo? Por Bianca Carrazzone

Você conhece o seu corpo? Por Bianca Carrazzone

Você reconhece os sinais que ele te oferece o tempo todo?

Ele é o nosso grande instrumento aqui para o nosso processo evolutivo. Não há expansão de consciência que não passe pelo corpo físico.

Eu descobri o meu corpo, eu reconheci ele como um templo depois que comecei a praticar Yoga, há 6 anos atrás. Foi como o desabrochar de uma flor, momento a momento. E quando praticava no início pensava, que lugar maravilhoso é este em que posso habitar! E este lugar era dentro de mim mesma. E é tão lindo isso, que hoje quando facilito uma prática as minhas alunas dizem o mesmo no final da aula “que delícia”, “que paz”, “sou outra pessoa” e assim vai… Este lugar que a gente se sente tão bem, é dentro de nós mesmos, é o espaço de pertencimento, é o espaço de nos perceber, de sentir. É o caminho real!

E cada vez mais, estamos sendo convidados a habitar este espaço interno, para então reconhecer aquilo que nos limita e nos faz ainda a acreditar que não somos divinos.

A gente vai precisar se conectar com o nosso coração, com o amor incondicional que é a matéria prima da qual somos feitos, mas para que isso aconteça é necessário liberar as energias que travam o fluxo, como o medo, o ressentimento, o arrependimento, a cobrança. E o caminho para a dissolução é sentir, reconhecer este sentimento e perguntar: qual é o sentimento que eu não faz mais sentido eu continuar alimentando?

A cada dia na senda do autoconhecimento é um grande passo em direção à liberdade. Hoje eu acordei sentindo meu cardíaco sensível, e percebi uma nuvem de medo, logo me conectei com meu corpo, me alimentei com algo bem nutritivo, coloquei uma música que me eleva e fui praticar yoga, deixei que meu corpo comandasse e cada ásana e cada respiração foi trazendo a dissolução de toda trava que eu tava sentindo. Fui permitindo fluir e no fina em silêncio veio um grande ensinamento da voz interior:

Este sentimento ou esta emoção que está cristalizada aí dentro existe por algo maior, existe para te mostrar quem ele(a) é. Quando eu ignoro, eu me auto saboto de reconhecer estas energias. Somente reconhecendo estas energias eu posso transmutá-las e então me conectar com o a frequência do amor.
O amor vem antes do nada, o amor vem antes de tudo.

Tudo o que está alinhado e harmonizado é amor… E tudo o que está distorcido tb é amor, porém está no emaranhado e está sendo ignorado.
Quando eu me auto perdoo e reconheço estas energias distorcidas eu posso requalificá-las, harmonizá-las e então ela se torna amor, que é a fonte de tudo!

E você, tem percebido o que seu corpo anda te dizendo com uma dor ou algum desconforto?
Qual energia você tem hoje no seu corpo que te bloqueia?
Respira, silencia e escuta-te, você é tão preciosa

Comentários do Facebook

comentários

Rádio Viva Zen

9.jan.2019

No Comments

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Taruga Tecnologia